Blog Faccia – Cirurgia Plástica e Clínica de Estética

Abdominoplastia – a cirurgia ideal após a gravidez

Abdominoplastia – a cirurgia ideal após a gravidez

Abdominoplastia – a cirurgia ideal após a gravidez

A abdominoplastia é a melhor opção cirúrgica para a maioria dos(as) pacientes que possuem um excesso de pele e flacidez abdominal, especialmente após as gravidezes.

Como é a cicatriz da abdominoplastia?

A cicatriz fica semelhante a uma cicatriz de uma cesariana mas mais longa estendendo-se para os lados.

O tamanho da cicatriz depende da quantidade de pele em excesso que precisa ser removida, ou seja, pacientes com excesso de pele concentrado na região central do abdómen tendem a ficar com cicatrizes menores que pacientes que apresentam também um excesso de pele nas partes laterais (flancos).

Em alguns casos de flacidez moderada, pode ser necessária também uma pequena cicatriz vertical acima do púbis.

As cicatrizes são semelhantes nas mulheres e nos homens?

Não. Nas mulheres fazemos as cicatrizes mais arqueadas para serem escondidas sob as roupas interiores e biquínis, enquanto que nos homens deixamos as cicatrizes mais retas, para serem escondidas pelos calções de banho.

E como é a cicatriz no umbigo? É feito um umbigo novo?

Aproveitamos a base do umbigo natural para confeccionar o “novo umbigo”, de forma que as cicatrizes fiquem mais escondidas e discretas.

Qual a diferença entre abdominoplastia e a lipoabdominoplastia?

A abdominoplastia consiste na remoção do excesso de pele (com a sua gordura) e aproximação dos músculos retos abdominais, tendo os seus melhores resultados em pacientes com peso ideal e sem gorduras localizadas.

Já a lipoabdominoplastia consiste na abdominoplastia e lipoaspiração das gorduras localizadas (ou até a lipoescultura, quando usamos a gordura aspirada para aumentar áreas de pouco volume como os glúteos).

Quanto se emagrece com uma abdominoplastia?

Abdominoplastia

É uma pergunta muito comum em consulta, mas o fato é que a abdominoplastia não está indicada para emagrecer, mas para melhorar o contorno corporal (especialmente quando associada com a lipoaspiração, a lipoabdominoplastia). É evidente que haverá uma redução do volume abdominal, mas esta cirurgia tem o objectivo de remover o excesso de pele abdominal e corrigir o afastamento dos músculos retos-abdominais.

Existem riscos na cirurgia?

Sim, há riscos de infeção, necrose, seroma, hematoma, tromboembolismo, reação aos medicamentos, hemorragias, etc. Mas os riscos são minimizados com a avaliação pré operatória adequada, correção dos problemas de saúde identificados antes da cirurgia e medidas de prevenção de trombose.

Qual o tipo de anestesia é utilizado na abdominoplastia?

Anestesia geral ou local com sedação.

Quanto tempo dura a cirurgia?

Cerca de 3 horas. No caso da lipoabdominoplastia, a duração pode atingir as 4-6 horas.

É necessário usar drenos na abdominoplastia?

Sim.

Qual o tempo de internamento?

1-2 dias.

Dói muito?

A dor pós-operatória na abdominoplastia não costuma ser muito intensa. É maior quando associamos a lipoaspiração.

É preciso usar cinta compressiva na abdominoplastia?

Sim! Pelo menos 1 mês.

É preciso fazer drenagens linfáticas após a abdominoplastia?

Sim! A cirurgia dificulta a drenagem linfática natural, especialmente quando associada com à lipoaspiração, e até que haja uma recuperação dessa drenagem natural, o(a) paciente fica com edema (inchaço) importante e prolongado. Por isso a drenagem linfática  é essencial.

Pode ocorrer fibrose no pós-operatório?

Sim! Todo processo de cicatrização envolve a formação de um tecido fibrótico, tanto externamente na pele quanto nos tecidos internos como a gordura. A quantidade e tipo de evolução da fibrose dependem do tipo de cirurgia realizada, cuidados pós operatórios e tendência pessoal de cada paciente.

Em quanto tempo é possível voltar às atividades físicas?

Após 2 semanas já pode fazer caminhadas leves e conduzir. Os exercícios leves podem iniciar-se após 1 mês, mas os exercícios abdominais e as atividades intensas (como corrida e Crossfit) apenas após 2 meses.

Quando é possível ver o resultado final?

Abdominoplastia

O forma corporal ficará estável em 6-12 meses após a cirurgia.

Em quanto tempo a cicatriz fica menos visível?

Nas primeiras semanas a cicatriz fica discreta, evoluindo naturalmente para uma fase de amadurecimento que dura até 12-18 meses. Nessa fase a cicatriz fica um pouco mais espessa, passando pelo aspecto avermelhado e depois acastanhado para depois clarear definitivamente. Nessa fase é comum sentir prurido (comichão) e incómodos nas cicatrizes.

Há pacientes que têm uma tendência à formação de cicatrizes hipertróficas e quelóides. Nesses casos são necessários tratamentos específicos para controle das cicatrizes.

A realização de qualquer tipo de cirurgia estética deve ser efetuada por um especialista cirurgião plástico e estético reconhecido, com alguns anos de prática, membro da Sociedade de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e da Ordem dos Médicos do  respectivo país, pois, tal como é de conhecimento geral, na actualidade, infelizmente, existem médicos gerais, médicos “estéticos”, médicos especialistas de outros áreas como ginecologistas, cirurgiões gerais, otorrinolaringologistas e outros que se aventuram no mundo das cirurgias plásticas e estéticas.

Não fique com dúvidas. Antes de se decidir em fazer qualquer tratamento/cirurgia estética poderá consultar o site da Ordem dos Médicos e da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e verificar se o médico que escolheu tem as competências adequadas.

Mas onde posso fazer abdominoplastia? Basta deslocar-se à Clínica Faccia em Lisboa, ou ligar para o número de telefone 213 714 116. Para mais informações sobre abdominoplastia visite o nosso site www.faccia.pt.


Formulário de Contacto


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

be a pal and share this would ya?
Abdominoplastia – a cirurgia ideal após a gravidez