Blog Faccia – Cirurgia Plástica e Clínica de Estética

Bioplastia: tudo o que deve saber

Bioplastia: tudo o que deve saber

Bioplastia: tudo o que deve saber

A Bioplastia é um dos métodos de tratamento não cirúrgicos com efeito corretivo e/ou estético mais
procurados atualmente. Visa realçar os contornos já existentes, promover o rejuvenescimento da
pele e corrigir imperfeições inestéticas.

Indicações da Bioplastia

A Bioplastia pode ser realizada em diversos contextos e com vários objetivos, nomeadamente:

· Aumentar o volume dos glúteos
· Remodelar os gémeos
· Aperfeiçoar o contorno facial
· Aumentar o volume dos lábios, maçãs do rosto e mandíbula
· Preencher rugas faciais
· Preencher e rejuvenescer o dorso das mãos
· Corrigir a ponta do nariz caída
· Corrigir o queixo retraído
· Preencher cicatrizes
· Corrigir pequenas depressões da face

Vantagens da Bioplastia

Uma das principais vantagens deste método é o custo reduzido comparativamente a outro tipo de
tratamentos. Mas há outras vantagens: tem um resultado imediato, a aplicação é rápida e a
anestesia é local. Para além disso, não há limitações na atividade profissional ou social. Por norma
também não requer internamento.

Apesar de ser uma técnica pouco invasiva, deve ser aplicada unicamente por especialistas, neste
caso por cirurgiões plásticos experientes.

O procedimento

A Bioplastia consiste numa pequena incisão na pele com uma microcânula (agulha com ponta
arredondada), na qual é infiltrado material compatível com o próprio organismo em determinadas
regiões do corpo. Trata-se de um preenchimento realizado sob anestesia local e mediante a
avaliação criteriosa do cirurgião relativamente à quantidade de substância a ser injetada. Portanto,
em alguns casos, pode haver mais do que uma aplicação desse material biocompatível.

A duração do tratamento pode variar entre 40 a 80 minutos, dependendo da área a tratar e do
volume injetado.

Cuidados a ter no pós-operatório

Por norma, após o procedimento em áreas pequenas (rosto) o paciente pode sair e retomar as suas
atividades. Por sua vez, no caso de áreas maiores, aconselha-se algum recobro para evitar um
excesso de inchaço. Recomenda-se, também, a aplicação de compressas de gelo na zona em
questão para prevenir o edema. Em caso de desconforto, pode aliviar-se com analgésicos.

Pode associar-se este método a outros?

Bioplastia - botox

Sim. Se for no corpo pode ser combinado, por exemplo, com o conhecido «botox», com a
lipoescultura e com implantes de silicone.

Existem riscos associados à Bioplastia?

Apesar de ser uma técnica não invasiva e no geral com bons resultados, a Bioplastia envolve a
injeção de um produto no organismo. Logo, não está isenta de riscos. As substâncias integradas
podem, em alguns casos, originar alergias, formação de nódulos, necroses do tecido ou granulomas,
entre outras reações adversas.

Nos casos de implante definitivo aplicado em dose excessiva, o processo deformativo pode ser
irreversível, pela sua característica de ser permanente. Além disso, há registo de casos de cegueira
pós-injeção, possivelmente por consequência de uma injeção intra-arterial.

Em caso de alergias ou infecções graves, pode haver necessidade de o paciente utilizar corticóides
para sempre, dado que o agente desencadeador permanece no organismo.

Estes riscos reduzem significativamente se o tratamento por conduzido por profissionais
experientes, como os que trabalham na Clínica Faccia.

Em suma, tendo em conta todas as indicações, vantagens e desvantagens e riscos, é evidente que a
Bioplastia oferece boas soluções, tanto a mulheres como homens. No entanto, é de extrema
importância que opte por uma clínica da sua total confiança, garantindo todas as recomendações de
segurança e higiene. Escolha um especialista qualificado e reconhecido, que trabalhe em sintonia
com uma boa equipa, que compreenda as suas necessidades e com quem sinta afinidade, para que
obtenha o resultado que procura.

Contacte-nos para saber qual o tratamento mais adequado ao seu caso em específico!

be a pal and share this would ya?
Bioplastia: tudo o que deve saber