Blog Faccia – Cirurgia Plástica e Clínica de Estética

Lipomodelação corporal e lipoaspiração – Diferenças

Lipomodelação corporal e lipoaspiração – Diferenças

A lipoaspiração é utilizada essencialmente para eliminar a gordura localizada. Esta gordura fica dentro de células chamadas adipócitos, que funcionam como reservatórios isolados.

A lipoaspiração remove essas células, que não voltam a ser produzidas pelo organismo.01

Isso significa que, quando se aspira determinada região do corpo, a gordura não volta a se acumular ali, naquele local lipoaspirado. Mas pode voltar nas regiões vizinhas, se você engordar excessivamente.

Esta é uma técnica usada desde 1982. As cânulas (espécie de canudos de metal) “raspam” essas células e, em seguida, são aspiradas para uma seringa com vácuo ou com recurso a um aparelho especial.

A lipoescultura vai um pouco além, aspirando e filtrando a gordura, sendo de seguida injectada em locais do corpo onde se queira aumentar o volume. Essa técnica ainda é contestada por muitos cirurgiões que acreditam que a gordura injectada pode ser reabsorvida pelo organismo em menos de seis meses, anulando desta forma o efeito da cirurgia.

A primeira lipoaspiração pode ser realizada idealmente a partir dos 16 anos, quando os contornos corporais já estão definidos. Entretanto, muitos médicos aceitam fazer após a primeira menstruação, quando as células gordurosas já têm tamanho e quantidade definitivos.

Do ponto de vista médico, os diabéticos, imunodeprimidos (portadores de HIV ou lúpus, por exemplo), pacientes com problemas cardíacos ou de coagulação, além dos hipertensos não devem se submeter a uma lipoaspiração ou lipomodelação. Do ponto de vista estético, a mesma regra aplica-se a pessoas com pele excessivamente flácida.

Os médicos costumam dizer que é preciso ter atenção á balança para não ganhar peso. Como as células de gordura não voltam para o lugar de onde foram retiradas, o que acontece com o aumento de peso é que células de outras regiões incham, deixando o corpo com contornos disformes e desproporcionais. Quem tem tendência a desenvolver celulite deve cuidar da pele com a prática de exercício físico regular e um programa de alimentação equilibrado para que ela não volte a se intensificar depois da lipoaspiração.

É seguro fazer lipoaspiração em várias partes do corpo ao mesmo tempo, desde que o cirurgião respeite o limite de gordura retirada em cada caso.

A realização deste tipo de cirurgia estética deve ser efectuada por um especialista cirurgião plástico e estético reconhecido, com alguns anos de prática, membro da Sociedade de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e da Ordem dos Médicos do respectivo país, pois, tal como é de conhecimento geral, na actualidade, infelizmente, existem médicos gerais, médicos estéticos, médicos especialistas de outros áreas como ginecologistas, cirurgiões gerais, otorrinolaringologistas e outros que se aventuram no mundo das cirurgias plásticas e estéticas.

Não fique com dúvidas e antes de se decidir em fazer qualquer cirurgia estética poderá consultar o site da Ordem dos Médicos e da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e verificar se o médico que escolheu tem as competências adequadas.

Mas onde posso fazer uma lipomodelação corporal e lipoaspiração? Basta deslocar-se à Clínica Faccia em Lisboa, ou ligar para o número de telefone 213 714 116.

Para mais informações consulte o site www.faccia.pt.


Formulário de Contacto


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

be a pal and share this would ya?
Lipomodelação corporal e lipoaspiração – Diferenças