Dr. Miguel Andrade

Tem dúvidas? Fale comigo.

Consulta 3D

Clique aqui

Depilação Definitiva a Laser - Mulher

Depilação, uma questão de estética
Desde Cleópatra no antigo Egipto, que as mulheres se depilam. Para além das mulheres, também os homens se depilavam. Faz parte da natureza humana a busca de um ideal de beleza e as diversas culturas diferem com relação a isso, cada uma com suas peculiaridades. Hoje há uma crescente preocupação com a depilação por factores de ordem estética ou apenas de higiene, tanto em mulheres como em homens. Há uma preocupação de muitos homens com pêlos supérfluos, nas costas e em outras regiões do corpo e, após os 40 anos, com os pêlos que começam a aparecer no ouvido, na sobrancelha e no nariz. Com isso a depilação passou a ser uma preocupação também masculina. Biologicamente, o pêlo é uma protecção da pele, mas dentro dos conceitos actuais de beleza, sobretudo em países em que a exposição corporal é um hábito, manter a pele depilada torna-se um dos factores preponderantes para a obtenção da saúde corporal, pois pêlos em excesso favorecem a proliferação de germes causando odor desagradável, além de irritação e pruridos. Para atender a essa exigência existe hoje uma série de processos depilatórios que diferem em grau de eficiência. Existem ao nosso dispor produtos diferenciados para cada tipo de necessidade, para cada tipo de pêlo e para cada região do corpo, visando extinguir ou diminuir a incidência dos mesmos.
Depilação com LASER
Os pêlos indesejáveis são um problema estético que podem trazer incómodos aos seus portadores. Uma forma de eliminação rápida e com efeitos duráveis é desejada por homens ou mulheres que os possuem. Mesmo no caso de pilosidade normal, os casos da axila e da virilha, pela frequência de remoção dos mesmos, são áreas frequentemente alvo de remoção definitiva dos pêlos. Depilação Definitiva a Laser Algumas alterações hormonais podem alterar a distribuição e localização dos pêlos, gerando também situações desagradáveis aos seus portadores. Uma nova tecnologia, recorrendo à utilização de luz, tem sido utilizada para tratar a pilosidade normal e anormal indesejável. O princípio é utilizar a propriedade que a melanina dos pêlos tem de captar a luz e utilizá-la para destruir, não só o pêlo, mas também o folículo que o produz. O tratamento de pêlos é eficiente, mas muitos mitos criados devem ser esclarecidos para que os resultados, muito bons, sejam realistas. A depilação com os LASERS é definitiva para a maioria dos pêlos tratados, mas o termo Depilação Definitiva não é apropriado, porque pressupõe que uma vez tratado nunca mais existirá qualquer pêlo.
Isto é um mito erroneamente criado, porque nenhum equipamento de LASER ou Luz Pulsada hoje disponível no mundo é capaz de realizar uma depilação definitiva de todos os pêlos, embora muitos equipamentos consigam uma depilação definitiva da maioria deles e com um esquema de manutenção adequado, pode chegar-se muito próximo do ideal da Depilação Definitiva. Podemos esperar com os tratamentos de Depilação com os LASERS, além de uma diminuição definitiva dos pêlos, mudanças favoráveis das suas características, tornando-se a pilosidade mais fina e mais clara e com menor índice de complicações como infecções e irritação da pele. Com o tratamento de manutenção, pode ser obtida uma situação muito próxima da Depilação Definitiva. Mas a ideia de que com uma única aplicação de laser um homem com barba cerrada nunca mais vai precisar fazer a barba, ou que uma mulher com grande quantidade de pêlos nas pernas nunca mais precisará de eliminar os pêlos é absolutamente errada.
De qualquer modo os efeitos do tratamento são muito eficientes, a curto, médio e longo prazo, e a associação de séries de sessões com tratamentos de manutenção leva a resultados que não podem ser obtidos por nenhum dos métodos antigos de depilação e são responsáveis pela verdadeira explosão da técnica em todo o mundo. A FACCIA oferece os equipamentos mais versáteis e reconhecidamente eficientes para o tratamento da pilosidade indesejável. Todos os tratamentos com LASERS na FACCIA são realizados ou supervisionados directamente por médicos.
Como funciona o LASER para depilação?
O pêlo é gerado por uma estrutura chamada folículo piloso. Os pêlos tem a capacidade de crescer até certo ponto e podem cair e ser eliminados espontaneamente. Quando um pêlo é eliminado espontaneamente, um novo pêlo é gerado pelo próprio folículo piloso. É por esse motivo que quando ocorre a depilação por qualquer um dos sistemas convencionais, os pêlos crescem novamente, em quantidade, espessura e cor, iguais ou até aumentadas. Este ciclo de crescimento do pelo tem 3 fases, chamadas fases de crescimento. As Fases de Crescimento do pêlo são a Anágena (crescimento), a Catágena (intermediária) e a Telógena (repouso). Depilação Os pêlos de uma determinada região estão em diversas fases de crescimento. Na fase Anágena, os pêlos estão muito próximos da parede do folículo piloso, que é mais estreito. Nas outras fases os pêlos estão mais separados da parede do folículo. Os pêlos só são eliminados na fase Anágena, quando existe uma maior concentração de Melanina e contacto com as estruturas do folículo piloso permitindo assim a sua destruição. Por esse motivo são necessárias várias aplicações/sessões, em intervalos distintos, para cada região. Em cada sessão uma parte dos pêlos e da capacidade de produção de novos pêlos, pelo folículo piloso, é eliminada. Nas sessões subsequentes é conseguido um resultado cada vez melhor. O uso do LASER para depilação vem sendo estudado pela medicina há poucos anos. O princípio da acção do LASER é a Fototermólise Selectiva, que significa que algumas estruturas do corpo captam mais calor e energia do que outros quando submetidas a exposição da luz. No caso da depilação, a Melanina presente no pêlo recebe a maior parte da energia enquanto a pele recebe menos. A Melanina é uma substância escura e por isso capta a luz. O pêlo possui grande quantidade de melanina, a captação da energia através do pêlo é transmitida ao folículo piloso, que acaba sendo destruído, e assim é eliminada a possibilidade de geração de um novo pêlo.

As estruturas do corpo que possuem cor são chamadas cromóforos. A melanina, que tem a cor preta, é um cromóforo e a hemoglobina do sangue, que tem a cor vermelha, também é outro cromóforo. Existem diversos aparelhos emissores de luz capazes de realizar a fototermólise seletiva, cada um com características próprias que o faz agir sobre um dado tipo de cromóforo. Os que atingem a cor negra, realizam a depilação e os que atingem a cor vermelha realizam o tratamento de varizes. Existem outros factores a ter em consideração. Estas características são baseadas no Tempo de Relaxamento, ou seja, algumas estruturas recuperam melhor do calor e são preservadas, enquanto outras recuperam pior e são destruídas. Estas características e outras, como tempo do pulso, o comprimento da onda e outras complexas propriedades da Física Óptica têm a sua aplicação na Fototermólise Selectiva.

Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.