A região do pescoço tem muita influência no aspecto global da face.
Para se obter um bom contorno de toda a face deve tentar-se  obter um equilíbrio e uma harmonia global.
A chamada "papada" ou duplo-queixo é um problema comum, tanto no sexo masculino  como no feminino e é, em muitos casos, um dos primeiros sinais de envelhecimento.

A herança genética também tem importância na acumulação de gordura nesta região.
Para a correcção deste aspecto, caso a pessoa seja relativamente jovem e possua uma pele com elasticidade suficiente para possibilitar a aderência da pele à musculatura, a melhor solução pode passar pela realização de uma lipomodelação (vibroliposução/lipoaspiração/Smartlipo®). 

Noutras situações, além da acumulação de gordura também existe uma flacidez cutânea marcada e/ou a presença de bandas platismais. Neste casos o problema só se resolve fazendo um lifting cervical. 

Estes dois tipos de procedimentos podem ser realizados de formas isoladas ou em conjunto. Isso depende da avaliação do Cirurgião Plástico. 

Nalgumas situações além destes procedimentos é necessário também intervir no resto da face. Salvo poucas excepções, o indivíduo que apresenta um pescoço flácido também apresenta um rosto flácido. 

Deste modo a realização  de apenas uma das cirurgias pode comprometer o resultado final.
Na imensa maioria dos casos, não há maneira de acomodar o excesso de pele do pescoço sem se tratar, minimamente, os terços médio e inferior da face.

Qual momento ideal para realizar a cirurgia plástica de pescoço?

Não se pode dizer uma idade ideal para a realização destes procedimentos; digamos que em termos gerais está indicado a realização de um lifting cervical quando o contorno da face, pescoço e duplo-queixo passam a incomodar o paciente.

Quais os resultados possíveis com uma cirurgia plástica de pescoço?

Quer em relação à realização do lifting, quer da lipomodelação os resultados não são para sempre; caso haja alguma alteração ponderal (aumento) a situação pré-existente pode surgir de novo.

Quanto ao lifting os resultados mantêm-se cerca de 10 anos.
Com a lipomodelção é possível remodelar o contorno da face tornando-o menos pesado e mais jovem.
As cicatrizes necessárias são praticamente imperceptíveis.

Com o lifting  é possível retirar o excesso de pele e flacidez, rejuvenescendo o rosto e desta forma favorece o retomar do contorno facial com uma melhor definição da linha mandibular.
As cicatrizes são pequenas e localizam-se na região da orelha. 

Como é realizada a Cirurgia Plástica do Pescoço?

Tanto o lifting cervical como a lipoaspiração do duplo-queixo podem ser realizados no mesmo procedimento cirúrgico.
Com primeiro consegue-se a suspensão do platisma (músculo do pescoço) e a tracção da pele.
Nos casos em que as bandas do músculo do pescoço estão separadas, devido à flacidez (aparência de duas pregas na vertical logo abaixo do queixo), também se tem que fazer uma plicatura  do platisma e unir as bandas que se encontram afastadas.
A incisão para a realização deste procedimento é colocada logo abaixo do queixo e, deste modo, é possível melhorar o ângulo cervical (pescoço).

O passo seguinte é retirar o excesso de gordura da região do mento por meio de uma lipoaspiração, deixando o queixo com um contorno mais definido.
A incisão para a entrada da cânula da lipoaspiração, que é muito fina, pode ser no sulco mentoniano ou logo abaixo do lóbulo da orelha.

Existem alguns riscos ao realizar estes procedimentos?

Sim.

Os riscos existentes são os inerentes a qualquer intervenção cirúrgica

Que tipo de anestesia é utilizada?

O lifting cervical e a lipoaspiração do duplo-queixo podem ser efectuados com anestesia local com sedação ou anestesia geral.

Qual a duração do procedimento?

A lipoaspiração demora cerca de 30 a 50 minutos e o lifting cerca de  90 minutos.

É necessário ficar internado?

Não.
Estes procedimentos podem ser realizados em ambulatório

O que devo esperar após a intervenção?

Após a intervenção o edema (inchaço) aumenta até ao segundo dia e depois começa a diminuir apresentando um aspecto quase natural pelo 14.º dia após a realização da cirurgia; os pontos são removidos entre o 6.º e o 14.º dias de pós-operatório e deve utilizar uma compressão (banda cervical) para permitir uma correcta aderência dos tecidos, assim como realizar massagens de drenagem linfática para redução do edema.

É necessário seguir as orientações do cirurgião para que os resultados correspondam ás expectativas:

  • Deve manter repouso relativo, evitando movimentos bruscos nos primeiros oito dias;
  • Dormir com a cabeça elevada (duas almofadas) e não deitar de lado;
  • Não apanhar sol antes do 60.º dia após a intervenção;
  • O exercício físico moderado só pode ser retomado após o 30.º dia;
  • Após a remoção dos pontos é necessário massajar  as cicatrizes com os cremes sugeridos pelo Cirurgião.

Lifting Cervical e preços

Todos os casos de Lifting Cervical são diferentes.

Explique-nos o seu através do Formulário de Contacto e ser-lhe-á indicado um intervalo de valores em que poderá ficar a resolução do seu problema.

Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.